Fechar Menu
novembro 23, 2015 – Falando de RESENHAS

Vango – Entre o Céu e a Terra

Título: Vango – Livro 1: Entre o Céu e a Terra
Autor(a): Timothée de Fombelle
Editora: Melhoramentos
Páginas: 360
Nota: 4/5

Sinopse: Salvar a pele e, ao mesmo tempo, descobrir a própria identidade: esses são os grandes desafios de Vango. Ao ler esse thriller histórico, ambientado no conturbado período entre as duas grandes guerras mundiais, somos impelidos a fugir com esse rapaz órfão de 19 anos que desconhece sua origem e tenta entender por que a polícia e um franco-atirador estão em seu encalço. A narrativa começa na solenidade em que Vango e outros seminaristas seriam ordenados padres na Catedral de Notre-Dame, em Paris. O assassinato do padre Jean, seu protetor, desencadeia a perseguição ao rapaz, suspeito do crime, que empreende uma fuga espetacular ao escalar nada menos do que os famosos vitrais da catedral. Essa cena é apenas um exemplo da aventura de que é feita toda a saga, em que acompanharemos nosso protagonista em situações e lugares improváveis – pulando de um trem em movimento, escondido na copa das árvores num bosque da Escócia ou dependurado num zepelim sobre um vulcão.

O fracasso em não ter sido ordenado padre deixa nosso herói arrasado, mas a jovem Ethel, porém, fica bem feliz. É ela quem vai ajudar Vango a provar sua inocência. A saga traz outros personagens marcados por segredos, como Mademoiselle, a senhora poliglota e sem memória com quem Vango é salvo do naufrágio na costa da Sicília aos 3 anos, e Hugo Eckener, personagem verídico, comandante do Graf Zeppelin, o grande dirigível que fascinou o mundo nas primeiras décadas do século XX. Algumas personalidades incorporadas à história são Joseph Stalin, sua filha Svetlana e Adolf Hitler.

O ano é 1934, um ano após Hitler ascender ao poder da Alemanha. Vango é um misterioso jovem que não conhece o seu passado. A história começa em Notre Dame, onde o protagonista está prestes a ser ordenado padre, porém no meio da cerimônia a polícia aparece para prendê-lo. Em meio a uma fuga alucinante, enquanto escala a Igreja de Notre Dame, eis que aparece um atirador tentando mata-lo. Presenciando todo o ocorrido em meio a multidão estava uma jovem muito triste com a ordenação de Vango, e que ao identificar o atirador não pensa duas vezes em persegui-lo. A história continua com uma grande perseguição à Vango, e cada vez mais aparecem pessoas procurando-o, algumas querendo ajuda-lo, outras mata-lo. Afinal quem realmente é Vango? Por que tantas pessoas estão atrás deste simples rapaz de 19 anos que apenas queria ser padre?

Toda a história se desenrola em vários locais do mundo (inclusive no Brasil), e a perspectiva sempre muda de acordo com o foco da narração (que em muitos momentos não está no protagonista). Com uma narrativa um tanto “difícil”, é interessante ler o livro com um dicionário (ou google) por perto. A história se passa no período Entreguerras (1918: ano do término da primeira guerra mundial, e 1939: inicio da segunda guerra mundial), então quem gosta de aventuras com base em acontecimentos históricos este livro é altamente indicado!

Particularmente achei a leitura um pouco cansativa, pois em muitos momentos eu acabava me perdendo na linha do tempo (achei os flashbacks muito cansativos, e olha que eu gosto do filme Cloud Atlas (A Viagem) que é puro flashback), porém no fim do livro fui me situando dos acontecimentos conforme foram se desenrolando. Fisicamente o livro é bonito, com uma arte bem legal tanto na capa quanto na contracapa, e a arte no começo de cada capítulo o deixa com um estilo mais “alternativo”.

Apesar da história ser boa com um conteúdo bem interessante a minha nota final será 4 estrelas (seria 3,5, porém só dou notas inteiras e neste caso merece mais um 4 do que 3), e só não levou 5 devido ter conseguido me cansar MUITO com os flashbacks.

Músicas utilizadas para acompanhar a leitura: Banda: Noel Gallagher’s High Flying Birds / Albúm: Chasing Yesterday

Comente pelo Facebook:

Ou comente por aqui:

2 Respostas para "Vango – Entre o Céu e a Terra"

Amanda
23-11-2015 @ (20:24)

Adorei as fotos como sempre e estou curiosa em ler esse livro.
bjs

Responder

Jessica
24-11-2015 @ (09:42)

Gostei, apesar de você disser que foi cansativo, fiquei curiosa com a história :)

abraços

Responder

Cereja Rocks • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Desenvolvido por Desenvolvido com por